‘Fevereiro Laranja’ traz hemocentro de Marília para coleta de medula em Cândido Mota

fevereiro

A Secretaria da Saúde de Cândido Mota está iniciando o ‘Fevereiro Laranja’, que tem por objetivo conscientizar e combater a leucemia, além de ressaltar a importância da prevenção, diagnóstico precoce, conhecimento dos sintomas e tratamentos da doença.

A medula óssea é o local de fabricação das células sanguíneas e ocupa a cavidade dos ossos, sendo popularmente conhecida por tutano. Nela são encontradas as células que dão origem aos glóbulos brancos (leucócitos), os glóbulos vermelhos (hemácias ou eritrócitos) e às plaquetas. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, o Inca, para o Brasil, no ano de 2019, estimam-se 5.940 novos casos de leucemia em homens e 4.860 em mulheres.

“Esse tipo de câncer acomete os leucócitos, os quais começam a se reproduzir de maneira descontrolada, dando início aos primeiros sinais da leucemia. Os primeiros sintomas são um reflexo do acúmulo das células anormais, prejudicando a produção dos glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas. Dessa forma, pode causar anemia, palidez, sonolência, fadiga, palpitação, sangramentos na gengiva e nariz, manchas roxas na pele ou pontos vermelhos. Outros sinais da doença são gânglios linfáticos inchados e sem dor (principalmente, na região das axilas e pescoço), perda de peso sem motivo aparente, febre ou suores noturnos, desconforto abdominal (inchaço do baço ou fígado), dor nas articulações e ossos”, explicou a secretária Amanda Mailio Santana.

Ela destacou que o diagnóstico é feito por uma avaliação médica e por meio da coleta de medula óssea para exames específicos. “Em geral, o tratamento inclui a quimioterapia e pode ser indicado também o transplante de medula óssea. É aí que podemos fazer a diferença. Existe um banco de dados, com cadastro de todas as pessoas que se candidatam para ser doadores, e a chance se ser compatível com alguém que precisa é de 1 para 100 mil. Este banco de dados deixou de ser nacional e atualmente cruza as informações internacionalmente”, prosseguiu a secretária.

Por fim, Roberto Bueno adiantou que no próximo dia 16, dentro das atividades do ‘Fevereiro Laranja’, a Unidade de Saúde Central de Cândido Mota estará aberta das 8h às 11h, com a equipe do Hemocentro de Marília, para coleta de sangue. “O objetivo é reforçar o cadastro no Banco de Dados de Doadores de Medula Óssea. Por isso, convido toda a população a participar da campanha, fazendo um grande bem a tantas pessoas. Cadastre-se! Você pode salvar uma vida!”, apelou o prefeito.

 

Pesquisar Google

Google

Área Restrita



Links

 

portal


  banner esic

 

 

 

 

nota_fiscal_-_icone.jpg

 

 




Prefeitura Municipal de Cândido Mota - Rua Henrique Vasques, 180 - CEP 19880-000 - Telefone (18) 3341-9350 - Cândido Mota - SP