‘Helena Pupim Albanez’ trabalha ‘inclusão’ em atividades com alunos

inclusao3

O mês de setembro, além da cor amarela, que representa o alerta sobre suicídio, também representa a cor verde, da conscientização sobre a inclusão. A escola municipal ‘Helena Pupim Albanez’, de Cândido Mota, por conta do período, reafirma o acolhimento e respeito a todos os alunos em suas diferenças, ou seja, alunos com necessidades educacionais especiais.

Nesse mês, os professores realizaram atividades de conscientização relacionadas ao tema inclusão, que representa aceitação das desigualdades para um mundo melhor. A professora da Sala de Recursos Multifuncional, Sônia Maria Godinho Mossini, proporcionou o momento de contação de história ‘A Borboleta Inclusão’. Os alunos participaram e vivenciaram momentos de experiências, de se colocarem no lugar do outro. O professor Carlos Antunes do Rozario, de educação física, trabalhou vivências sobre as deficiências, os demais professores fizeram cartazes, placas com dizeres, teatros, músicas em libras, pesquisas e outros.

“Os alunos da escola ‘Helena Pupim Albanez’ convivem com as diferenças, sabem respeitá-las e aprendem com as diversidades. Trabalhamos com o desejo de concretizar uma política educacional transformadora, capaz de oferecer uma escola acolhedora, preocupada com o pleno desenvolvimento dos nossos alunos, respeitando a construção individual de cada um”, disse.

 

inclusao1

 

O município possui três Salas de Recursos Multifuncional; na escola ‘Helena Pupim Albanez’, escola ‘Olga Breve Alves’ e na escola ‘João de Carvalho’. As profissionais Sônia Godinho Mossini, Vivian Félix Meloni e Renata Liranco Krzesinski, são capacitadas, com experiências e competentes para atenderem os alunos com necessidades educacional especial da rede municipal de Cândido Mota. Esses atendimentos são oferecidos no contra-turnos em que as crianças estudam.

 

inclusao2

 

“É direito dos alunos serem atendidos e dever dos pais cumprirem a responsabilidade de trazê-los ao atendimento. A família deve assumir seu papel de apoio, responsabilidade, compreensão e aceitação. Toda pessoa tem o direito de ser ouvida, manifestar suas necessidades, preferências, fazer escolhas, tomar decisões, participando de qualquer projeto que afetem direta ou indiretamente suas vidas, ou seja, toda pessoa tem o direito de usufruir do acesso aos ambientes, às ações, práticas culturais, escolares e sociais”, disse a professora Sônia Godinho.

 

inclusao4

 

E prosseguiu: “O trabalho da Sala de Recursos Multifuncional está voltado ao pleno desenvolvimento do aluno, independente das suas impossibilidades. E esse trabalho realizado com os alunos foi sensacional, porque as crianças tiveram momentos de reflexão e conscientização sobre inclusão. O envolvimento de professores, coordenação, direção, família, funcionários e alunos foi o primeiro passo para garantir uma escola inclusiva e de qualidade.

Foram desenvolvidas durante as aulas, valores, atitudes e habilidades garantindo ao aluno uma melhor inclusão à vida social. Esses alunos serão os futuros cidadãos, de uma nação de respeito e aceitação as diferenças”.

 

Pesquisar Google

Google

Área Restrita



Links

 

portal


  banner esic

 

 

 

 

nota_fiscal_-_icone.jpg

 

 




Prefeitura Municipal de Cândido Mota - Rua Henrique Vasques, 180 - CEP 19880-000 - Telefone (18) 3341-9350 - Cândido Mota - SP