Eliminar criadouros do Aedes aegypti é tarefa de casa para alunos da rede municipal

quadro

O mais recente boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde de Cândido Mota com dados sobre o mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da dengue, chikungunya e zika, aponta que o número de casos notificados aumentou para 124, no período de 1 de janeiro a 2 de março. Destes notificados, 17 foram positivos para a doença, 46 negativos, 59 estão aguardando resultado; já que alguns ainda não colheram, pois não estão na data correta para realização e duas pessoas se recusaram a realizar a sorologia.
Apesar do número ser considerado baixo em relação a vários municípios da região, onde muitos já estão em estado de epidemia, a prefeitura de Cândido Mota trabalha em ‘estado de alerta’ para uma epidemia de dengue.

 

criadouro

 

Ações envolvendo todas as secretarias têm acontecido, como o ‘Dia da Mobilização’, quando os funcionários municipais percorreram a cidade e distritos entregando panfletos e falando sobre a necessidade de acabar com os criadouros do mosquito Aedes aegypti.

 

tarefas

 

Apoio das escolas

A diretora do Departamento de Vigilância Epidemiológica, Talita Franciscani, explicou que os agentes de controle de vetores realizam periodicamente visitas em domicílios, empresas, prédios comerciais e outras áreas alertando e explicando os perigos da dengue. “Além destas visitas e outras ações, iniciaremos junto às escolas da rede pública, uma mobilização com os alunos. Eles receberão uma ficha para ser preenchida por eles e entregue na escola.

As crianças têm uma importância muito grande no combate aos criadouros. Elas levam informação para casa e cobram da família”, destacou Talita Franciscani.
O prefeito Roberto Bueno também falou da preocupação e a importância da comunidade na luta diária contra a dengue. “Este período do ano com muita chuva e sol, é o mais propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti e consequentemente, é a época de maior risco. No entanto, é preciso que não descuidemos nenhum dia do ano e sempre com a preocupação de prevenir para que não permitamos o aparecimento de focos. Precisamos estar atentos e redobrando os cuidados para eliminar possíveis criadouros do mosquito”, destacou o prefeito.

Ficha com tarefa

Na ficha o aluno terá a seguinte tarefa:

‘Nesse fim de semana com a ajuda de um adulto vistorie a sua casa e seu quintal. Depois marque com um X as situações que você encontrou. Desta forma você contribui para o combate da Dengue, Chikungunya e ZikaVírus’.
• Pneus: Os pneus devem estar guardados secos e em local coberto. Não deixe pneus na chuva.

• Brinquedos: Os brinquedos não podem ser deixados jogados no quintal, pois quando chove pára água neles. Depois de brincar, guarde.
• Garrafas: As garrafas que não forem mais usadas, devem ser entregues à reciclagem ou guardadas tampadas e de boca para baixo em local coberto.

• Plantas que acumulam água: Não deixem água parada nos vasos de plantas. O ideal é retirar os pratinhos; caso não seja possível, fure o pratinho ou coloque areia até em cima.

• Bebedouro de animais: Troque a água de seu bichinho todos os dias e não esqueça de lavar a vasilha com buchinha pelo menos duas vezes por semana.

• Cacos de vidro nos muros: Observe se não está parando água nos gargalos; se estiver, peça a um adulto para quebrar com muito cuidado.

• Latinhas e potes: Não deixe recipientes acumulados em seu quintal. Caso não esteja usando, separe para a reciclagem.

• Caixa d’água: Observe se a caixa d’água de sua casa está bem tampada.

• Tambores de água das chuvas: Observe se os tambores ou baldes estão bem fechados. A água da chuva deve ser usada logo em seguida, não esqueça de lavar o recipientes com sabão e buchinha.

 

 

Pesquisar Google

Google

Área Restrita



Links

 

portal


  banner esic

 

 

 

 

nota_fiscal_-_icone.jpg

 

 




Prefeitura Municipal de Cândido Mota - Rua Henrique Vasques, 180 - CEP 19880-000 - Telefone (18) 3341-9350 - Cândido Mota - SP