Com chuvas, cuidados com Aedes devem ser redobrados

criadouros4

 

As constantes chuvas ocorridas no município nas últimas semanas exigem mais cuidado com o Aedes aegypti. O mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya utiliza focos de água parada para se reproduzir. Portanto, é necessária a vistoria constante de quintais das residências, empresas e outros locais para eliminar qualquer acumulo de água que possa facilitar o desenvolvimento do vetor. 

 

criadouros1

 

"Não cansamos de reforçar que a melhor maneira de evitar a dengue e as outras doenças que também podem ser transmitidas pelo Aedes é por meio da eliminação de possíveis criadouros para o mosquito. Nosso apelo se estende a toda população do município para que cuidem de suas casas e alertem vizinhos sobre a situação", destacou a secretária de Saúde do município de Cândido Mota, Amanda Mailio Santana.

 

criadouros2

 

De acordo com a diretora do Departamento de Vigilância Epidemiológica Talita Franciscani, a situação está sob controle, mas isto requer mais atenção ainda. “A situação está assim pelo trabalho de prevenção que temos realizado, com ações desde o ano passado, com mutirão de limpeza, o trabalho realizado aos sábados com visitas no programa ‘Todos Juntos contra o Aedes’, capacitações dos funcionários da área, nebulizações, enfim, muito trabalho para que saíssemos de uma indicação de epidemia para 9 casos no ano de 2017 e neste ano até o momento não temos nenhum caso confirmado sorologicamente” falou a diretora.

 

criadouros6

 

O prefeito Roberto Bueno falou sobre os cuidados necessários para se evitar criadouros do Aedes aegypti, mosquito vetor da dengue e de outras doenças, como zika e chikungunya.  “A população tem que ser consciente que a responsabilidade de prevenção não é só da gestão pública, precisa ser um trabalho em conjunto. Somente as ações desenvolvidas diariamente pelos agentes não garantem a total eliminação dos focos.  É importante que a população não descuide, fazendo a limpeza semanal dos quintais e não deixando água parada, evitando locais que podem se tornar criadouros do mosquito. Como disse a diretora da VE Talita Franciscani, os funcionários do departamento trabalharam intensamente durante o ano todo, seja com vistoria e orientação, mas para mantermos o índice de infestação baixo contamos com a população” afirmou Roberto Bueno.

 

criadouros3

 

Pesquisar Google

Google

Área Restrita



Links

 

portal


  banner esic

 

 

 

 

nota_fiscal_-_icone.jpg

 

 




Prefeitura Municipal de Cândido Mota - Rua Henrique Vasques, 180 - CEP 19880-000 - Telefone (18) 3341-9350 - Cândido Mota - SP